Coloque a sua personalidade nos móveis sob medida da cozinha

17/10/2019 Móveis planejados

Economizar tempo e utilizar bem o espaço são benefícios oferecidos por móveis sob medida da cozinha. A correta disposição dos móveis e eletrodomésticos garantem um bom aproveitamento da área, além de beleza e funcionalidade. E, mais importante, o projeto deve atender às necessidades e particularidades de cada casa e família, já que é feito sob medida para você.

Surgidas na Alemanha da década de 1910, as primeiras cozinhas planejadas foram resultado dos estudos e observações de mulheres que desejavam aplicar à vida doméstica os princípios de agilidade e otimização do espaço que regiam as cozinhas dos navios militares – que, minúsculas, produziam refeições para centenas de pessoas. Foi quando se percebeu que pouco espaço não é necessariamente ruim, e que a correta disposição de elementos como a pia e o fogão são fundamentais para garantir um trabalho ágil e utilizar todo o potencial oferecido pelo espaço. Hoje, as cozinhas planejadas oferecem outros benefícios. Bem planejadas e integradas à sala de jantar, por exemplo, elas podem ser também um espaço de convivência.

 

Tamanho e funções – O planejamento deve levar em conta o tamanho do espaço e os hábitos de quem vive na casa. A pessoa que passa mais tempo na cozinha e que costuma preparar as refeições deve ser a referência nesse momento, e a principal fonte do arquiteto que fizer o desenho da nova cozinha. A altura dos armários e das bancadas devem se ajustar ao cliente, cujos hábitos na hora de cozinhar e de comer também devem ser levados em conta. São eles que determinarão qual o melhor tipo de fogão, como devem ser os armários e a existência de bancadas, por exemplo.

A ideia desse tipo de cozinha é deixar o trabalho mais prático e utilizar bem a área, sem deixar espaços vazios ou exigir grandes deslocamentos durante as tarefas. Por isso, quem tem uma cozinha pequena não tem motivos para se preocupar. Os modelos de cozinha em linha reta, bastante utilizados em apartamentos, deixam pia, fogão e geladeira próximos, em uma única parede, criando um corredor para a circulação de pessoas. Os armários devem ser bem distribuídos verticalmente, e cores claras dão a sensação de arejamento. Uma bancada e uma ligação com a sala ajudam a ampliar o lugar e integrá-lo ao restante da casa.

Cozinhas maiores podem ter uma “ilha” central, onde fica o fogão e uma bancada com banquinhos, permitindo que o preparo das refeições possa ser acompanhado por mais pessoas – uma solução para famílias grandes ou que costumam receber visitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *