A importância da assessoria de um Arquiteto em projetos mobiliários corporativo

O ambiente corporativo, quando é mal estruturado, pode tornar-se uma verdadeira bagunça. Tantos documentos, pastas e objetos precisam ser bem organizados para que nada seja perdido e para que a estética do local seja agradável.

Além do mais, estar em um ambiente de trabalho confortável, com boa iluminação, organização, ergonomia e conforto aumentam a produtividade, já que o espaço em que o indivíduo se insere influencia diretamente no seu bem estar e na sua disposição para desempenhar as funções do seu cargo.

As empresas mais sérias e desenvolvidas contam com ambientes bem estruturados e previamente planejados. Os empresários que desejam aumentar a produção, precisam investir nos escritórios, no mobiliário corporativo e os interiores dos locais são tão importantes quanto às fachadas.

Podemos afirmar que um espaço só será realmente agradável para quem ali trabalha se for estruturado com antecedência, contando com um projeto que atenda as especificações da empresa. É aí que entra o trabalho do arquiteto.

Móveis Planejados para escritórios e consultórios Marel Santos

Qual é o papel do arquiteto?

A função do arquiteto vai muito além da questão estética. O arquiteto é o grande idealizador dos projetos arquitetônicos, que vão desde as primeiras ideias sobre a construção do ambiente, passando pelo planejamento da obra, até a entrega das chaves.

Leia também sobre a importância das cores nos ambientes e nos mobiliários corporativos.

Com o ambiente corporativo não é diferente: são necessários profissionais que possam ajudar os empreendedores a pensarem em um espaço que seja funcional e ao mesmo tempo agradável aos olhos, tanto dos funcionários, quanto para os que visitam as empresas.

Muitas pessoas possuem receio em contratar um arquiteto para construir ou renovar o local de trabalho, seja pelo medo em perder a identidade empresarial, pela insegurança em perder o controle do projeto interno ou, principalmente, por temer arcar com custos excessivos.

Porém, o que essas pessoas não sabem é somente um profissional será capaz de trabalhar para que o ambiente corporativo seja o ideal. Afinal de contas, ele estudou e possui experiência no ramo, conseguindo visualizar os lugares de uma maneira avançada.

Além do mais, o local adequado tende a reduzir a quantidade de acidentes de trabalho e doenças, já que todo o mobiliário corporativo será desenvolvido pensando nos funcionários. Dificilmente alguém terá problemas com má postura em frente do computador, por exemplo.

Móveis Planejados para escritórios e consultórios Marel Santos

Projeto Katia Soares – Móveis Planejados Marel Santos

Sobre o mobiliário corporativo

Nos ambientes de trabalho, cada vez mais vemos funcionários sentados em frente a um computador, tornando a mesa e a cadeira peças fundamentais nos escritórios. Outros móveis desempenham funções importantes para a empresa, levando às melhorias no desempenho de quem ali trabalho.

Com a organização do local e com o uso de móveis planejados para escritório, todos passam a ter um cotidiano com melhores condições e os incidentes diminuem. Sendo assim, o rendimento geral também aumenta.Por estes motivos, a preocupação com o desenvolvimento do mobiliário corporativo tem aumentado cada vez mais, atendendo melhor às necessidades e especificações cada empresa.

O arquiteto desempenha, então, função importante no ramo dos negócios, já que esse consegue aliar o design e a funcionalidade dos escritórios, atendendo às exigências ergonômicas.

Assim, o planejamento junto ao profissional é fundamental para que os espaços sejam utilizados da melhor maneira, encaixando o mobiliário corporativo de modo a comportar a equipe e contar ainda com futuras ampliações na quantidade de funcionários.

Móveis Planejados para escritórios e consultórios Marel Santos

A importância de um mobiliário corporativo planejado

Como foi dito, o planejamento bem feito do mobiliário corporativo não só influencia na estética do ambiente, como aumenta o lucro da empresa, parece atraente para os clientes e ainda melhora o bem estar dos funcionários. Com mesas e cadeiras ergonômicas, espaços suficientes para armazenamento de materiais e um escritório sempre organizado, o rendimento acontecerá de forma natural.

O mobiliário corporativo bem planejado contribuirá, ainda, para que a empresa economize dinheiro, já que o arquiteto pensará em cada detalhe, escolhendo móveis de qualidade, com alta durabilidade, o que reduzirá os gastos com a substituição do mobiliário. Além do mais, o profissional responsável pensará no ambiente de trabalho com um todo, projetando espaços que não precisam de obras de melhoria posteriormente.

O arquiteto também levará em conta a missão, os valores e a identidade visual da empresa, escolhendo um mobiliário corporativo que passe a imagem ideal dos negócios. Outro benefício em contratar um profissional, é que este terá conhecimento sobre a legislação trabalhista, adequando o projeto às normas regulamentadoras e de segurança do trabalho.

O estudo das normas regulamentadoras (NRs, do Ministério do Trabalho e Emprego) e das normas brasileiras (NBR, da Associação Brasileira de Normas Técnicas ? ABNT) representa uma forte diretriz na composição dos ambientes físicos de trabalho, orientando sobre os níveis adequados de iluminação, ruído e temperatura.

O planejamento do mobiliário corporativo, junto a um arquiteto, beneficiará todas as questões relacionadas ao espaço físico de uma empresa. Os escritórios precisam de uma estrutura funcional, que agrade aos funcionários e aos clientes que ali chegam. Os ambientes corporativos, quando planejados, contribuem para o crescimento da equipe e para os rendimentos dos negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *